Fluminense quer Riquelme para o meio-campo
Publicado em: 08/01/2013 às 10h21
Compartilhe esse conteúdo!

Depois do Palmeiras, que prepara projeto de marketing pelo jogador, outro clube brasileiro entrou na briga por Riquelme: o Fluminense. O nome vinha sendo tratado em sigilo, mas uma proposta oficial pode ser feita já nesta terça-feira pelo presidente do clube, na foto, Peter Siensem. A outra opção continua sendo Felipe, que está próximo de se desligar oficialmente do Vasco.

O diretor de futebol do Tricolor, Rodrigo Caetano, estava com o grupo na pré-temporada em Atibaia (SP), mas chega ao Rio na noite desta segunda. Ele vai se reunir com o vice de futebol Sandro Lima para discutir se o clube concentra esforços em Riquelme ou Felipe. Além de fechar com um meia experiente, o Flu pretende contratar ainda o lateral-esquerdo Monzón, também argentino e atualmente no Lyon.

Nos últimos dias, Riquelme reafirmou que não voltará ao Boca Juniors, mesmo depois da volta do técnico Carlos Bianchi ao clube argentino.

Assim como o de Felipe, o nome de Riquelme não é unanimidade nas Laranjeiras. Apesar da técnica apurada, a idade do jogador - 34 anos - é questionada. Inicialmente se pensou em um atleta mais jovem para substituir Deco quando necessário. O preferido era Giuliano, atualmente no Dnipro, mas ele acabou descartado por causa dos altos valores desejados pelo clube ucraniano. Riquelme é um ano mais novo que o camisa 20 tricolor. No entanto, as habilidades e a experiência na Libertadores contam a seu favor: ele ganhou três títulos da competição com o Boca Juniors.

O argentino conhece bem o Fluminense. Em 2008 e no ano passado, vestindo a camisa do clube argentino, Riquelme enfrentou o Tricolor. No primeiro encontro, nas semifinais de 2008, o argentino levou a pior e terminou eliminado. No ano passado, foram dois encontros pela fase de grupos: derrota por 2 a 1 na Bombonera e vitória por 2 a 0 no Engenhão. Nas quartas de final, novo embate, e o Boca levou a melhor: vitória no primeiro jogo por 1 a 0, em casa, e empate no Rio em 1 a 1.

Apesar de estar sem jogar desde julho do ano passado, Riquelme possui contrato com o Boca. O vínculo dura até o meio do ano que vem, mas ele não recebe salário desde que anunciou que não jogaria mais pelo clube. Aos 34 anos, sua última partida foi no dia 4 de julho de 2012, quando o Boca perdeu a final da Libertadores para o Corinthians. Depois da derrota, Riquelme afirmou que estava deixando o time de Buenos Aires e despertou o interesse de alguns clubes brasileiros, como Flamengo e Cruzeiro, porém ainda não fechou com equipe alguma.

Fonte: Globo Esporte


Carregando...

Copyright 2011. RÁDIO BELEZA FM. Todos os direitos reservados sobre o layout e o conteúdo deste site.