Ajudar é uma beleza: HEMOES precisa de doadores
Publicado em: 05/07/2012 às 9h48
Compartilhe esse conteúdo!

Fonte: Portal da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa)
Foto: Assessoria de Comunicação/Sesa

O Hemocentro da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) está com o estoque de sangue bastante baixo e, por isso, convoca voluntários de todos os grupos sanguíneos que compareçam para doar. O gesto ajuda a salvar vidas.

Segundo o diretor do Hemocentro, Antonio Peçanha, para que os estoques ficassem em um nível satisfatório, o ideal seria que a unidade recebesse em torno de 120 doações por dia. Porém, nas últimas semanas, a média tem sido de 40 doações por dia. “A situação é crítica e pode levar ao desabastecimento da hemorrede, podendo trazer consequências para as pessoas que necessitam de receber sangue”, ressalta Peçanha.

O diretor acredita que a baixa procura se deve ao desconhecimento da população sobre a importância do ato voluntário – muitos só fazem doação de reposição para algum familiar ou amigo –, e aos mitos e tabus sobre a doação, que é 100% segura, acrescentado ao ritmo de vida acelerado e falta de tempo da maioria das pessoas.

Como doar

Quem tiver interesse em doar não deve ter receio, pois é bastante simples e dura em média de 40 minutos a uma hora (sendo 4 a 10 minutos de coleta). Em cada coleta é preenchida uma bolsa com capacidade de 450 ml, o que representa menos de 10% do total de sangue de alguém. Uma bolsa pode beneficiar até três pessoas, porque as hemácias, plaquetas e o plasma, componentes do sangue, podem ser aproveitados de acordo com a necessidade do paciente.

Atualmente, o Estado possui cinco unidades que compõem a hemorrede da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa): em Vitória, Serra, Colatina, Linhares e São Mateus. Elas são responsáveis por abastecer 37 hospitais que atendem pelo SUS no Espírito Santo.

Para ser voluntário é preciso ter entre 18 e menos de 68 anos de idade, ou 16 e 17 anos de idade desde que apresentem autorização do responsável com firma registrada em cartório. Não há peso mínimo: pessoas com menos de 50 quilos também podem doar após passarem por avaliação médica.

Além disso, o candidato deve ter boa saúde e não precisa estar em jejum. Caso tenha almoçado, a doação deve ser feita após três horas. Se o voluntário for um doador frequente, ele não pode deixar de obedecer ao intervalo de doações, que deve ser de dois em dois meses para homens e de três em três meses para mulheres.

Para doar sangue, os voluntários devem apresentar um documento original com foto, como Carteira de Identidade, passaporte, Carteira de Trabalho, Carteira de Habilitação e Certificado de Reservista. É preciso, ainda, preencher um cadastro com informações básicas e responder a um questionário. Em seguida, os possíveis doadores passam por uma triagem, que serve para examinar os sinais vitais (a exemplo de pressão, pulso e temperatura).

Onde doar sangue

- Centro de Hemoterapia e Hematologia do Espírito Santo (Hemoes)
Tel. 3636-7900/7920/7921- Avenida Marechal Campos, 1.468, Maruípe, Vitória. A unidade funciona das 7h às 17h30min, de segunda-feira a sábado.

- Unidade de Coleta a Distância da Serra
Tel. 3338-7880/3338-7373. Avenida Eudes Scherrer Souza, s/n (anexo ao Hospital Dório Silva). Coleta de sangue e cadastro de medula das 7h às 12h30min.

- Hemocentro de Linhares
Tel. (27) 3171-4361/4363/4362 - Avenida João Felipe Calmon, 1.305, Centro (ao lado do Hospital Rio Doce). Coleta de sangue de segunda-feira a sexta-feira, de 7 às 11h30min e cadastro de medula das 7 às 16 horas.

- Hemocentro Regional de Colatina
Tel. (27) 3177-7930 - Rua Cassiano Castelo, s/n, Centro. Coleta de sangue de segunda-feira a sexta-feira, das 7h às 11h40min. Cadastro de medula, de segunda-feira a quinta-feira.

- Hemocentro Regional de São Mateus
Tel. (27) 3767-4135 - Rodovia Otovarino Duarte Santos, Km 02, Parque Washington. Coleta de sangue e cadastro de medula de segunda-feira a sábado, das 7 às 12 horas.


Carregando...

Copyright 2011. RÁDIO BELEZA FM. Todos os direitos reservados sobre o layout e o conteúdo deste site.