Horta suspensa é destaque em Marechal Floriano
Publicado em: 02/07/2012 às 13h01
Compartilhe esse conteúdo!

Por Roberly Pereira
Foto: Roberly Pereira

Quem pretende ter uma horta em casa e não possui uma área de terra disponível não precisa se desesperar. Este é o conselho dado pelos professores e um grupo de alunos da Escola Mauro José Christo, em Marechal Floriano, que cultivam cebolinha, salsa e até alface em garrafas pet de refrigerantes penduradas em um muro.

As garrafas plásticas recebem um corte lateral e são postas em um muro da escola, onde acontece a semeadura após a colocação de terra, como acontecem nos canteiros convencionais de propriedades rurais. A idéia dos professores e alunos é o aproveitamento do material plástico e ao mesmo tempo evitar a degradação ambiental.

A “horta suspensa’ é a reutilização de materiais que muitas pessoas da cidade, ao invés de colocarem nas lixeiras jogam nos córregos no Braço Sul do Rio Jucu. “Este trabalho faz parte do desenvolvimento na questão prática do Projeto Ecoar”, afirmam a diretora Diana de Souza Messias, a pedagoga Sayonara Ramos e a professora Sayonara Santana. 

Segundo as três responsáveis pela “horta suspensa” um total de 106 alunos da Escola Mauro José Christo se empenham para manter as verduras saudáveis e sem utilização de fitossanitários, que são colhidos e encaminhados à cozinha do estabelecimento para o preparo dos alimentos consumidos nos lanches da escola.

Além da horta, os alunos orientados pelos coordenadores que desenvolvem o Projeto Ecoar no colégio implantaram ainda o “jardim de pneus’ e o “puf”, que são banquinhos montados também com garrafas de refrigerante pet. “O nosso trabalho é divulgado diretamente com as reuniões de pais na escola”. 

A afirmação é da diretora Diana Messias, lembrando que a cada visita recebida, aumenta a vontade de o grupo dar continuidade ao trabalho. “O desenvolvimento do Projeto Ecoar de 2011 foi mais em sala de aula e neste ano trabalhamos com a parte prática que tem agradado bastante a comunidade estudantil e os moradores da cidade que nos visitam”, afirma a diretora.

A servidora pública Zilnete Stein, moradora de Marechal Floriano visitou a Escola Mauro Christo e observou o trabalho realizado com o objetivo de reaproveitamento e sistematicamente favorável ao meio ambiente. “É muito importante sentir a preocupação dos profissionais e dos alunos com a questão ambiental. O reaproveitamento de materiais é uma decisão inteligente”, concluiu. 


Carregando...

Copyright 2011. RÁDIO BELEZA FM. Todos os direitos reservados sobre o layout e o conteúdo deste site.