Formação continuada e bolsa para alfabetizadores
Publicado em: 28/02/2013 às 13h45
Compartilhe esse conteúdo!

Professores das escolas públicas municipais e estaduais vão participar de formação continuada para aperfeiçoar o ato de ensinar a ler e escrever. A medida está prevista no Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) assinado pelo município junto ao Ministério da Educação (MEC).

De acordo com a secretária municipal de educação, Maria Anastasia Corona Totola, a formação é destinado a todos os professores dos 1º, 2º e 3º anos do ensino fundamental da rede municipal e estadual, que correspondem aos antigos pré III, 1a e 2a séries, período considerado essencial na alfabetização das crianças.

“São 50 profissionais, entre efetivos e DT´s (designação temporária). Cada um deles vai receber uma bolsa R$ 200 mensais pela participação. Cerca de 824 dos 3,5 mil alunos matriculados na rede municipal serão beneficiados. E 45 alunos da rede estadual”, frisou Anastasia.

A capacitação será no pólo UAB no centro, a cada 15 dias, sempre às quintas-feiras, das 18 às 22h.  E o primeiro encontro começa hoje (28), onde haverá solenidade de abertura com a participação do prefeito Claumir Zamprogno. A carga horária prevista é de 120 horas em 2013 e o foco será a língua portuguesa. A capacitação seguirá em 2014, também com 120 horas, mas desta vez a ênfase será a matemática. 

Avaliação

Além da formação dos professores, o Pacto também prevê avaliação por parte do MEC, lembrou Anastasia. “Os alunos do segundo ano farão duas avaliações, a Provinha Brasil. Uma no início outra no final do ano letivo. Os estudantes do terceiro ano também serão avaliados com uma prova no fim do ano e, neste caso, a nota entrará na composição do IDEB(Índice de Desenvolvimento da Educação Básica)”, concluiu.

A formação vai aprimorar o trabalho de alfabetização. Também é importante pela troca de experiência que haverá entre os profissionais de outras turmas e escolas”, frisou a professora e alfabetizadora do 1º ano, Arlece Peroni.

“Estou com uma expectativa grande, pois é minha primeira experiência no ensino fundamental. E além da oportunidade evoluir profissionalmente também teremos um auxílio financeiro”, observou a professora do 2º ano, Claúdia Siller.

Foto: Bruno Lyra
Fonte: Montanhas Capixabas


Carregando...

Copyright 2011. RÁDIO BELEZA FM. Todos os direitos reservados sobre o layout e o conteúdo deste site.